unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

6 dicas para melhorar o atendimento no varejo

Em tempos de crise, muitas empresas precisaram se adaptar para não perder espaço num momento tão delicado. De acordo com uma Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, na passagem de março para abril o setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios e bebidas, recuou 11,8%. Mas com a aceleração de novas tendências, os negócios tiveram que investir ainda mais no atendimento ao cliente.

Segundo Anderson Locatelli, diretor executivo da Troco Simples – startup que simplifica transações financeiras que envolvem dinheiro em espécie -, o efeito da pandemia atingiu até mesmo os segmentos que haviam resistido nas primeiras semanas de isolamento. “Precisamos estar atentos aos novos hábitos de consumo dos consumidores, mas sem deixar o bom e velho atendimento de lado. Nos supermercados, por exemplo, normas e rotinas são fundamentais no ambiente”.

1. Treine seus colaboradores

A interação pessoal é certamente o principal caminho para impressionar o consumidor. Ao tirar dúvidas ou realizar compras com um funcionário, que conheça as informações sobre o supermercado faz com que o cliente se sinta satisfeito e o desejo seguinte é de voltar ao seu negócio, pois sabe que ali não terá problemas no futuros. Certifique-se também que toda a equipe saiba como trabalhar em seus sistemas digitais de pagamento e na gestão de estoque.

2. Conheça as necessidades dos clientes

Entender as necessidades do cliente ajuda a criar soluções eficientes e direcionar melhor os produtos e serviços no estabelecimento. Ao identificar o seu público alvo, por exemplo, é possível oferecer diferenciais competitivos de ofertas.

3. Construa uma relação de confiança

Dê mais atenção ao consumidor. Tenha mais tempo para ouvir o cliente e ter clareza no entendimento da questão. Portanto, o operador deve perguntar para o consumidor exatamente o que aconteceu, deixar que conte tudo e não o interrompa. Os minutos gastos a mais neste processo pouparão o trabalho de convencer o cliente e voltar a fazer negócios no estabelecimento.

4. Invista em tecnologia

Há diversos tipos de tecnologia disponíveis no mercado, como sistema de frente de caixa, gestão de estoque, entre outros, que podem agilizar processos no dia a dia do estabelecimento e melhorar a qualidade do atendimento. Assim como a Troco Simples que oferece uma tecnologia integrada ao PDV do varejista, que transforma a moedinha comum em troco digital para o consumidor, que recebe diretamente no CPF, evitando filas e o constrangimento pela falta das moedas. Além disso, a vantagem é que o troco digital acumulado pode ser utilizado a qualquer outro estabelecimento vinculado a solução.

5. Foque na satisfação do cliente

O consumidor não está mais habituado a esperar uma resposta e aguarda por uma solução imediata. Por isso, o atendente precisa estar pronto para solucionar ou tirar a dúvida de um cliente.

6. Fique atento às reclamações

Toda atividade comercial deve manter canais de reclamação presenciais e a distância. Isso é importante para que os clientes se sintam à vontade ao relatarem suas experiências negativas. Essa ação ajuda a minimizar as emoções mais intensas e oferece uma ótima oportunidade para que a empresa melhore constantemente.

Fonte: Portal Segs. Publicado em 28/08/2020, às 13h11, por Kênia Brandão.

https://www.segs.com.br/seguros/249368-5-dicas-para-melhorar-o-atendimento-no-varejo


Veja também