unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

E-mail marketing: o que é e como investir na estratégia para impulsionar sua empresa

Mais do que uma ferramenta de comunicação, o e-mail marketing pode trazer ainda mais visibilidade, vendas e fidelização para o seu negócio

Com tantas plataformas de comunicação por aí, muitos donos de empresas podem pensar que investir em uma estratégia de marketing utilizando o e-mail pode ser meio antiquado, já que o primeiro modelo de e-mail foi criado ainda nos anos 60. Mesmo sendo considerado o “avô” do WhatsApp, o email foi capaz de revolucionar a comunicação, e não pense você que esse senhor de idade não está no auge de sua performance!

Nesta página, nós vamos te contar porque você, empreendedor, precisa incluir o e-mail marketing nos seus negócios agora mesmo!

O que é email marketing?

Imagine que você deseje rechear o seu estoque de volta às aulas com itens de papelaria, como a Caneta Esferográfica BIC Cristal Dura. Logo após efetuar a compra, a sua caixa de entrada  recebe um e-mail com o título: “Seu pedido foi recebido com sucesso”. Algum tempo depois, as etapas seguintes do processo de compra também dão as caras no seu e-mail: aviso de faturamento, envio do produto e da nota fiscal, ofertas de descontos, promoções e artigos interessantes sobre a venda de produtos de papelaria.

Toda essa comunicação personalizada com conteúdos de qualidade que chegam por meio do correio eletrônico chama-se e-mail marketing, cuja mágica proporcionada é exatamente esta: você, que recebeu todas essas informações relevantes sobre os detalhes da sua compra, ganha também o bônus de ter dicas de como utilizar esse produto e oportunidades imperdíveis voltadas para o que você precisa.

Por que utilizar essa estratégia de marketing na sua loja?

Como visto acima, o e-mail marketing é um baita facilitador da comunicação online, já que a grande maioria das pessoas deixou de utilizar cartas há muito tempo e, muitas vezes, não deseja ser incomodada por mensagens no WhatsApp. Com o e-mail marketing, portanto, fica tudo concentrado ali, na sua caixa de entrada digital.

Com certeza você já se animou com essa estratégia, mas saiba que nós ainda nem mostramos a lista completa de benefícios do e-mail marketing para o seu negócio. Falando nisso, vamos a ela?

  • Grande retorno financeiro: Começamos bem, não? Segundo uma pesquisa desenvolvida pela Litmus, empresa voltada para o setor  de e-mail marketing, a estratégia retorna 42 dólares para cada 1 dólar investido. Ou seja, o e-mail marketing tem uma alta capacidade de transformar potenciais interessados — conhecidos na área de marketing como “leads” — em clientes;

  • Entrega e alcance previsíveis: Um dos grandes dramas de quem utiliza as redes sociais para comunicação e marketing é que, mesmo que a sua marca tenha mais de mil seguidores, é muito difícil levar o seu conteúdo para todas essas contas. Já no e-mail marketing, a entrega é garantida para todo e qualquer usuário com um endereço de email ativo;

  • Conteúdos multifacetados: Se a sua intenção é, vamos dizer, ofertar o danone Activia Café Da Manhã Quinoa e Frutas Vermelhas por meio do e-mail marketing, saiba que é possível fazer isso de inúmeras maneiras. Recursos visuais, como imagens e vídeos embedados, newsletters e artigos com temas ligados ao produto, avisos e ofertas, links para o blog do site ou redes sociais e pesquisas são possíveis por meio desse artifício;
  • Direcionamento personalizado: Seguindo a lógica do e-mail marketing, tenha em mente que a lista de e-mails da sua marca é o seu bem mais valioso. De acordo com o seu objetivo, então, você pode selecionar os leads e clientes que se encaixam no perfil que você deseja atingir. Já por meio de ferramentas de CRM (Customer Relationship Management), você consegue automatizar a seleção de contatos por meio de filtros inteligentes.

Vamos supor que você queira vender a Fralda Huggies Tripla Proteção M. Se o seu público se divide entre cuidados com o bebê e beleza feminina, seria mais assertivo disparar os e-mails para quem tem o perfil para comprar a fralda ofertada, não? E se, por meio dos dados fornecidos pelo CRM você notar que a sua empresa não vende muito bem no estado de Minas Gerais, uma boa sacada é criar e-mails direcionados para o público dessa região, de acordo com as necessidades dele;

  • Maior proximidade com os clientes: Já vimos que com uma boa campanha de e-mail marketing é possível levar conteúdos relevantes para os seus contatos e garantir que eles tenham um canal de fácil acesso para conhecer a sua marca e entrar em contato quando precisar. As chances de fidelização de clientes são muito mais altas quando essa troca acontece;
  • Monitorar todos os processo de venda: Seja antes, durante e no pós-venda, as estratégias e ferramentas de e-mail marketing conseguem rastrear com maior assertividade quais as falhas e os sucessos da sua campanha.

Como criar uma campanha de email marketing?

Aprender como fazer um bom e-mail marketing não tem segredo. Basta estruturar bem algumas ideias e ter as ferramentas certas para desempenhá-las com qualidade. Vamos a alguns passos essenciais?

  • Identifique o objetivo da sua campanha;

  • Desenvolva a sua persona, ou seja, o perfil do consumidor cujo problema você busca solucionar com o seu produto ou serviço;

  • Pesquise a maneira com a qual você pretende criar a sua lista de e-mail (evite comprar mailings prontos, heim?). Quanto custa um bom CRM? Qual é o profissional do seu time que irá gerenciar e organizar os dados que essa ferramenta fornecerá?;

  • Segmente com base no seu objetivo. Você se lembra do exemplo que demos sobre o estado de Minas Gerais e a venda de fraldas? Isso é segmentação. Você deve, a partir dele, filtrar os seus dados com base no alvo que deseja atingir;

  • Desenvolva um bom planejamento de conteúdo. Quais tipos de informações você deseja entregar e em quais formatos elas performam melhor? Será uma newsletter? Um artigo? Um infográfico? Banners com ofertas? Crie uma planilha mensal para se organizar melhor no storytelling (os conteúdos da jornada do usuário) e, com base nas informações do seu CRM, escolha os melhores dias e horários para disparar os e-mails;

  • Selecione as métricas que deseja usar para analisar o desempenho da sua campanha. Será por taxa de clique? Ou por taxa de entrega? Existem outros tipos de métricas que você deve considerar e, antes de qualquer decisão, é recomendado analisar os dados que o seu CRM fornece;

  • Personalize os e-mails. Seja com o nome de usuário ou com o cadastro fornecido, é sempre uma ótima prática saudar os seus contatos de modo que eles se sintam especiais. Imagine, por exemplo, que o seu cliente se chama Gustavo. Tal qual como no título do e-mail, o texto que ele irá se deparar começa com: “Olá, Gustavo. Venha conferir as novidades que separamos para você”;

  • Não seja um chato dos e-mails! Ninguém gosta de ter a sua caixa de entrada lotada de mensagens de uma mesma empresa. Isso causa uma péssima impressão, faz com que o cliente perca interesse na sua marca e pode até te tirar da lista de consideração para futuras compras desse contato. Existem boas práticas de e-mail marketing que devem ser seguidas, e manter uma periodicidade razoável e respeitosa é uma delas. Estude o assunto e não perca pontos, combinado?

Com essas dicas sobre como criar e enviar um e-mail marketing, o seu negócio ganhará ainda mais engajamento e clientes fieis!


Veja também