unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

É possível abrir um negócio com pouco dinheiro? Saiba por onde começar

 Veja oportunidades incríveis para quem quer obter renda extra ou ser independente na área profissional, mas não tem ideia de como e nem no que empreender

Você sabia que, no ano passado, um quarto da população adulta brasileira esteve com o foco profissional voltado em abrir ou desenvolver seus próprios negócios? Essa análise, realizada com o apoio do Sebrae, mostrou que, em 2020, o cenário do empreendedorismo brasileiro atingiria um marco de crescimento histórico.

Abrir um negócio próprio pode ser a salvação na hora de obter renda extra, fugir da possibilidade de desemprego e combater os tempos de crise, como mostram as repercussões da pandemia do covid-19. Porém, esse desejo levanta a tão famosa dúvida: é possível abrir um negócio com pouco dinheiro? Quais são as melhores ideias para abrir um negócio e obter sucesso?

Sem dinheiro e sem ideias para empreender?

Muitas vezes, o dinheiro é curto e faltam ideias para empreender de fato. Mas, se o desejo de ser dono(a) do próprio negócio é legítimo, basta que você preste bastante atenção neste artigo. Vamos te ajudar com dicas de organização das finanças e sugestões de negócios para realizar o sonho do empreendimento próprio.

A primeira e mais importante delas: se você quer abrir um negócio com pouco dinheiro, mas não tem ideias, valorize aquilo que você já sabe e gosta de fazer.

Comece com coisas pequenas e que não precisam de tanto investimento financeiro. Os segmentos de artesanato, refeições e brechós digitais, por exemplo, têm um desenvolvimento que depende de espaços e recursos simples.

Quanto custa abrir um negócio?

O custo para a abertura de um negócio depende de alguns fatores, como:

  • Taxas para registro em órgãos públicos;
  • Contratação de serviços terceirizados, como escritórios de contabilidade;
  • Custos adicionais que ocorrem ao longo do processo de abertura de uma nova empresa.

Atualmente, o gasto para a abertura de uma nova empresa em São Paulo pode sair por volta de R$300,00. No Rio de Janeiro, o mesmo processo pode custar por volta de R$1.200,00.

Então, a resposta é: sim. Dá para abrir um negócio com pouco dinheiro, mas é preciso muito planejamento e cuidado com a adequação à sua realidade. Não deixe, portanto, de fazer inúmeras pesquisas e entender sobre o que precisa ser realizado para colocar a sua ideia em prática.

Como abrir um negócio com pouco dinheiro?

Agora que você já sabe que o seu desejo de ter o seu próprio negócio está mais próximo do que nunca, chegou a hora de colocar a mão na massa!

Empodere-se de conhecimento

Invista em cursos que trarão noção sobre marketing, negócios, finanças, uso de redes sociais para vendas e outros assuntos semelhantes ou até mais específicos. Muitos desses cursos podem ser feitos online, por preços amigáveis e acessíveis, ou até mesmo de forma gratuita!

Você também precisa de conhecimento sobre o mercado no qual vai atuar, sobre o seu público-alvo, e sobre como a sua marca será diferente das outras.

Planeje com cuidado

Defina os detalhes iniciais e mais básicos do seu negócio, como qual será a sua principal plataforma de atuação, por exemplo. Porém, pense também em como os primeiros produtos serão oferecidos e divulgados aos seus potenciais clientes.

Imagine que você decidiu oferecer o Biscoito Recheado Sabor Choco Mix da Patrulha Canina, feito pela Danix, dentro do seu negócio. Logo, planeje como o produto será divulgado, como será oferecido ao cliente, e como ele poderá te trazer lucros. A boa notícia é que, com as redes sociais, há muito o que ser explorado, e não faltam maneiras criativas de ofertar os produtos sem cair na mesmice da concorrência.

Invista em benchmark

O termo Benchmark faz referência à análise dos pontos fortes e fracos, das estratégias de marketing e dos posicionamentos de outros negócios do mesmo segmento escolhido por você.

Se você quer vender o Desodorante Antitranspirante com fragrância de Frutas Vermelhas e Lichia, da Suave, a dica então é estudar negócios que ofertam o mesmo produto e suas estratégias de marketing para divulgação. Além disso, procure entender como funciona o relacionamento com os clientes, e o que seu negócio poderia fazer de diferente e/ou melhor.

Estabeleça metas realistas

Uma boa técnica é dividir grandes metas em pequenos objetivos, pois isso pode mostrar resultados tangíveis ao longo do crescimento do seu negócio.

Pensando sobre o seu sonho de um dia ter uma grande papelaria, por exemplo, comece vendendo produtos simples e populares, como o Kit de 12 Lápis de Cores, da Faber-Castell. A partir daí, vá ampliando seu portfólio e batendo as pequenas metas estabelecidas na caminhada do sucesso empreendedor.

Aposte em um diferencial para a sua marca

Seu negócio deve ter uma marca que traga algo a mais para os clientes. Na prática, quando falamos sobre produtos de limpeza, pense por exemplo em quais valores seus consumidores terão ao comprar o Pano Reutilizável Duramax, da Scott, e quais problemas aquele produto poderá solucionar.

O segredo é trabalhar para garantir um fator de destaque pelo qual a sua marca sempre será lembrada, seja no marketing, no atendimento ao cliente ou em todos os quesitos!

Comece pequeno e pense grande

Você não precisa de um grande espaço físico ou de uma equipe profissional numerosa para dar início ao seu negócio. Aproveite o fato de que muitas vendas hoje em dia ocorrem de forma online, por meio de lojas no Instagram ou de redes sociais que contam com um marketplace.

Caso você queira empreender no setor de perfumaria, uma sugestão é começar vendendo online poucas unidades do Creme para Pentear para Ondas com Efeito Antifrizz, da Seda, mas já pensando em um grande futuro negócio.

Não subestime o poder do marketing!

Quando aplicada aos Isqueiros Maxi Decorados, da BIC, uma boa estratégia de marketing pode te auxiliar em pontos como diversificação de produtos e divulgações e crescimento da clientela e lucro. Uma empresa “comum” apenas colocaria os produtos no site ou na vitrine da loja com os dizeres “oferta imperdível”.

Mas, com tantas plataformas e ferramentas a seu dispor, por que não abusar das postagens em redes sociais, como ao investir na criação de vídeos utilizando os áudios mais bombados do Reels do Instagram, ou em lives mostrando como usar o produto da melhor maneira possível?

Deixe a criatividade rolar solta e aposte nos meios digitais para responder às maiores dúvidas dos seus clientes sobre os produtos e, principalmente, para apresentar os motivos do por que o seu consumidor deve investir naquele determinado item.

Esteja sempre ligado em tendências variadas

Preste atenção nas redes sociais e nos assuntos que estão em destaque no momento, pois esses dados podem revelar o que os clientes procuram ao realizar compras. Memes, músicas e áudios também podem ser uma maneira bem assertiva de descobrir tendências caso o seu público-alvo for consumidor dessas mídias.

5 ideias para abrir um negócio online

Depois do passo a passo para abrir um negócio com pouco dinheiro, veja ideias para abrir um novo negócio online.

Sugestões de e-commerces

  • Loja online de beleza que aposte em nichos específicos, como itens para cabelos com ofertas de combos de shampoo + condicionador, como o Shampoo e Condicionador Dove Oleo Nutrição. Ou, então, invista na diversificação de produtos, como uma combinação entre cosméticos para cuidados com o rosto, corpo e cabelos;
  • Loja online de papelaria com as melhores marcas do segmento, como Faber Castell e BIC;

  • Loja online de produtos saudáveis, com opções com Zero Açúcar, integrais, sem glúten e/ou orgânicos, como os produtos da marca Mãe Terra, uma das líderes desse setor;

Loja online no Instagram

Caso você ainda não tenha orçamento para investir em um marketplace completo (com site próprio e estoque grande, por exemplo), uma boa sacada é apostar na ferramenta “loja”, oferecida pelo Instagram. Se esse é o seu tipo de negócio, por que não criar perfis de…

  • Acessórios de beleza;
  • Velas artesanais;
  • Capas para celular;
  • Peças de roupas de brechó.

Boxes personalizados

Você também pode pensar fora da caixinha — ou literalmente nela. Que tal montar kits personalizados para vender de acordo com o gosto de cada cliente, nos seguintes segmentos: beleza, alimentação, destilados, autocuidado, festa de aniversário, entre outros.

Parcerias com micro influencers relacionados aos seus produtos

Pense em perfis de micro influenciadores digitais (a partir de mil seguidores ou mais) que tenham tudo a ver com o seu negócio. Essa pode ser uma boa ideia para ganhar visibilidade sem gastar muito, já que grandes influencers costumam cobrar preços altos.

Com uma boa pesquisa, referências e muito planejamento para complementar tudo o que foi visto neste artigo, você estará cheio de possibilidades nas mãos, e pronto para abrir o seu negócio com pouco dinheiro.


Veja também