unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

Especialista em inovação e negócios dá 10 dicas para micro e pequenas empresas no mundo pós-pandemia

O empreendedor brasileiro, principalmente o empreendedor de micro e pequenos negócios, lida diariamente com muitos desafios no dia a dia do seu negócio. Um dos maiores tem sido enfrentar um mercado cada vez mais concorrido, que traz questões como redução de custos, aumentar a eficiência e melhorar os resultados.

Em tempos cada vez mais competitivos, a inovação aparece como uma das soluções mais inteligentes para impulsionar o negócio. Contudo, no Brasil, muitos dos micro e pequenos empreendedores acham que inovar é somente para as grandes empresas e está associada à tecnologia, ou a invenção de alguma coisa inédita e custos elevados; assim, distante da realidade.

Nesse sentido, é preciso desmistificar o termo inovação, que é a capacidade da empresa de criar algo novo, implantar uma ideia ou tão-somente melhorar algo que já existe, objetivando sempre criar novas fontes de valor para seus clientes, diferenciando-se dos demais concorrentes. A inovação pode ocorrer no produto/serviço, no processo, na estratégia de marketing, na forma de atender o cliente ou no modelo de negócio. Inovação é simplesmente transformar ideias em resultados e, por isso, acessível a todos.

Paulo Melo, que é PhD com pesquisas voltadas para inovação pelo WIT, na Irlanda, e Mestre em Negócios pela Universidade de Bristol, na Inglaterra, e CEO da Pricebook, elenca 10 dicas para inovar nos negócios:

1 – Inovar é uma questão de atitude

Inovação requer ação. Tire as ideias do papel e faça.

2 – Converse, compartilhe e troque ideias com outras pessoas fora da empresa.

Converse com sua equipe, amigos, parceiros, clientes, outros empreendedores e até concorrentes. O segredo é interagir e trocar ideias. Considere todos os comentários, mesmo aqueles contrários.

3 – Considere todas as ideias, independente de sua origem

As boas ideias podem vir de qualquer parte ou de qualquer pessoa. Às vezes, rejeitamos ideias dependendo de sua origem.

4 – Ponha em prática suas ideias, faça testes e experimente

Testar é a melhor estratégia para evitar frustrações e prejuízos. Desenvolva um protótipo e valide-o antes de colocar no mercado.

5 – Ouça seu cliente e monitore o mercado

É preciso estar sempre atento ao mercado. Mantenha uma ótima comunicação com o seu cliente, entenda suas necessidades, retorne suas demandas e encante; fique atento às tendências do seu segmento e monitore seus concorrentes.

6 – Não tenha medo de errar e de fracassar

No universo do empreendedorismo não existe certezas. Aprenda com os erros e continue tentando acertar. Assuma riscos.

7 – Seja ágil, não espere, chegue primeiro

A vantagem é sempre de quem chega primeiro. Não procrastine as decisões.

8 – Olhe para o futuro como algo que você pode alcançar

Estabeleça desafios ousados. Sonhe grande e acredite em você.

9 – A tecnologia é apenas uma ferramenta e não o objetivo final

A tecnologia é apenas uma das ferramentas a sua disposição para incrementar seu negócio. O sorriso no rosto, o calor humano e a empatia são tão poderosos quanto a tecnologia.

10 – Inove sempre, inovação não é um fim, mas um meio

Não se acomode com o sucesso temporário de um projeto. A inovação é um processo contínuo que vai permitir sobreviver nesse mundo cada vez mais competitivo.

Fonte: Jornal do Guará. Publicado em 08/09/2020.


Veja também