unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

Marketing Digital: como vender mais na pandemia?

A pandemia mudou completamente os hábitos das pessoas, inclusive na hora das compras. Se sair de casa para ir a lojas físicas era algo do cotidiano, agora já não é bem assim. As medidas para prevenção do contágio da covid-19 impõem restrições ao funcionamento dos comércios, deixando os comerciantes preocupados. O marketing digital pode ser uma boa e estratégica saída para continuar vendendo em meio à crise!

Antes do isolamento social, a internet já estava muito presente na vida dos brasileiros. Com a quarentena, isso se tornou ainda mais forte e necessário no cotidiano. Houve um aumento de 40% a 50% no uso da internet no Brasil durante o período de pandemia, de acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Com mais pessoas conectadas, é clara a importância das empresas dos mais variados segmentos estarem no digital!

Internet: o novo shopping dos consumidores

Os nomes das ruas das lojas deram lugar ao endereço do site ou de redes sociais. Os horários de abertura e fechamento da loja já não existem no online, onde o consumidor é quem escolhe quando quer comprar. Comparar preços ficou muito mais fácil, em segundos você sai de uma loja e entra em outra. Sair de casa para comprar? Agora é só pegar o celular ou computador!

Um shopping que pode parecer estranho para alguns, mas é a realidade atual. Se você ainda não está nesse centro de compras, é hora de arrumar a loja, ou melhor, fazer uma boa otimização de sites e investir em estratégias de marketing digital.

O e-commerce já vinha crescendo nos últimos tempos, mas a pandemia foi responsável por uma marcante aceleração. No Brasil, o e-commerce cresceu 41% em 2020, tendo um faturamento de R$ 87,4 bilhões, segundo dados do relatório Webshoppers feito pela Ebit | Nielsen e Bexs Banco. Esse parecer também mostra que os responsáveis por boa parte das vendas online foram as lojas de departamento (84,3%).

O investimento em estratégias de marketing digital como anúncios no google, ter um bom posicionamento na busca orgânica e presença nas redes sociais é muito importante para vender mais na pandemia. Ainda de acordo com a pesquisa, 13 milhões de brasileiros começaram a fazer compras online na pandemia. Desse total, 80% afirmaram que comprariam novamente.

Apenas esses dados já mostram que o marketing digital cresceu em tempos de coronavírus e que a tendência é expandir ainda mais!

Melhores estratégias de marketing digital para investir no marketing digital

Existem muitas estratégias no marketing digital, sendo que todas elas têm o objetivo deaumentar a visibilidade da empresa e as chances de venda. Para Alex Pinhol, CEO e fundador da agência de marketing digital Webfoco, o primeiro passo para ter sucesso nas vendas é descobrir quem são seus clientes. “Com base em todas as informações sobre o público-alvo, pode-se personalizar a comunicação dos anúncios, landing page, site ou e-commerce”, ele diz.

Entre as principais estratégias, estão o de SEO e Google Ads.

SEO

Quando você quer comprar algo, independente do que seja, você procura no Google, não é? Os seus possíveis clientes também! No entanto, é preciso estar atento a um detalhe importante: não basta estar no maior buscador, é preciso ocupar as primeiras posições no Google. Afinal, as pessoas não têm tempo, portanto clicam apenas nos sites que estão no topo dos resultados!

Essa é a grande questão do SEO. O objetivo da estratégia de marketing digital é fazer os sites serem considerados os melhores pelos algoritmos do Google, aparecendo por primeiro nos resultados de busca. Nesse caso, estamos falando da busca orgânica.

Sendo assim, é preciso de um extenso e estratégico trabalho de consultoria de SEO para atingir os melhores resultados. Como os sites não pagam para ocupar posições no Google, os robôs do buscador é que fazem a seleção daqueles que mais se encaixam no que o usuário busca. Conteúdos otimizados, correções de problemas tecnológicos e autoridade são os grandes pilares da estratégia.

Google Ads

Já o Google Ads são anúncios no Google, ou seja, o site paga para aparecer como anúncios nas páginas de busca. Essa estratégia de marketing digital também é bastante eficiente para empresas que querem vender mais na pandemia.

Entre os pontos positivos das campanhas no Google, citamos o poder de segmentação. Nessa estratégia, é possível direcionar os anúncios apenas para pessoas que têm mais chance de comprar o seu produto, gerando resultados melhores.

O CEO da Webfoco avalia que a segmentação é muito importante no marketing digital. “Não ter segmentação no marketing digital é como sair de olhos vendados, tentando cruzar uma cidade que você nem conhece. A segmentação é um dos pontos mais importantes para uma campanha dar certo, pois você saberá quem vai buscar e por onde”, explicou Pinhol.

Para que você tenha sucesso nas estratégias, é preciso contar com uma agência de marketing digital reconhecida. Os profissionais analisarão o seu caso em específico para oferecer as melhores soluções, fazendo o seu negócio crescer mesmo na pandemia.

E os resultados surpreendem…

Quando o SEO, links patrocinados e demais estratégias de marketing digital são executadas com qualidade e direcionamento, os resultados surpreendem. Vale lembrar que cada caso é único, mas os dados não mentem. Separamos alguns cases de sucesso para você acreditar que é possível vender e lucrar mais em tempos de isolamento social.

Uma grande empresa do setor de alimentos teve um crescimento de mais de 92% na receita vinda da busca orgânica, comparando março-20 (início da pandemia) e fevereiro-21. Essa mesma empresa também teve resultados incríveis com o trabalho do Google Ads, aumentando a receita do site em mais de 170% no mesmo período analisado. E esse não é um caso isolado.

Um e-commerce de bebedouros de água apresentou um salto de 127% na receita geral do site analisando março-20 com fevereiro-21, sendo resultado do trabalho de SEO e mídia paga.

Já no segmento de moda, empresas que investem no marketing digital também contam com resultados significativos em tempos de pandemia. Uma empresa viu sua receita vinda do tráfego orgânico aumentar em mais de 420% comparando o início da pandemia (mar-20) com fevereiro-21!

Invista no marketing digital e venda mais na pandemia!

Investir no marketing digital é ainda mais necessário em tempos de covid-19, quando o recomendado é evitar sair de casa. Muitas empresas estão migrando para o digital para não perder vendas nesse momento delicado para todos, portanto você não pode ficar de fora!

Entre março e maio de 2020 (meses iniciais da pandemia), mais de 107 mil lojas online foram criadas, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Com isso, além de estar na internet, é preciso de boas estratégias para se destacar no meio da concorrência.

Google Ads, Facebook Ads, SEO e outros vão fazer a diferença nas vendas do seu negócio. Busque uma agência de marketing digital séria e competente para ajudar você a vender mais na pandemia!

Fonte: Tecmundo. Publicado em 22/04/2021, às 10h00.

https://www.tecmundo.com.br/mercado/215724-marketing-digital-vender-pandemia.htm


Veja também