unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

Como usar o sistema de pagamento por link no meu negócio

Modernidade e rapidez são a bola da vez! Saiba se a sua loja está pronta para investir nos links de pagamento

Imagine que você esteja interessado em comprar um produto ou adquirir um serviço. O que você acha mais fácil: ficar na fila do caixa, esperando pela sua vez, e eventualmente realizar a compra pessoalmente, ou simplesmente pagar pela sua transação com apenas um clique, graças a um link de pagamento?

O que muitos empreendedores talvez não saibam é que contar com um sistema de funcionamento moderno, com presença básica no universo digital, é mais do que possível, muitas vezes requer apenas um registro simples nas redes sociais e pode ser um passo importante rumo à automação comercial da sua loja.

Por outro lado, pensando nessa necessidade de atualização e impulsionados pela nova realidade comercial que a pandemia trouxe, muitos donos de negócios já vêm implementando estratégias para levar suas empresas ao meio online e, de quebra, facilitar as transações comerciais (antes burocráticas).

Falando nisso, uma das estratégias mais populares para modernizar as vendas e diversificar as formas de pagamento de uma empresa é o uso de links. Como mencionamos, não à toa, muitos empreendedores passaram a adotar esse sistema por sua facilidade, já que ele favorece tanto os clientes quanto o negócio em si.

Reunimos neste artigo tudo sobre as vantagens de vender com links de pagamento, e ensinamos o beabá sobre como adotar o sistema na sua marca. Vamos lá?

O que é pagamento por link?

O sistema de pagamento por link, assim como o PIX para empresas e o cashback,  ainda é uma novidade para muitos empreendedores e seus negócios. Entretanto, essa opção de pagamento vem ganhando força e popularidade, e é cada vez mais adotada por conta de sua praticidade.

Isso porque o pagamento por link elimina todos os métodos tradicionais, comumente utilizados: com ele, tudo que o empreendedor precisa fazer é criar um link em uma plataforma que ofereça a possibilidade de pagamentos online e, assim, enviar esse link para o cliente que, na velocidade de um clique, consegue pagar pela sua compra.

Não é mais necessário dispor de qualquer outro elemento que costumava ser utilizado anteriormente, como caixas registradoras ou máquinas de cartão de crédito ou débito: é só gerar o link virtualmente e encaminhá-lo para o consumidor.

Quais são as vantagens do pagamento por link?

Talvez, a maior vantagem do pagamento por link seja a praticidade. Pagar por suas compras por meio de um clique é rápido e fácil para o empreendedor que adota esse sistema em seu negócio e, também, para o cliente que efetua o pagamento em poucos segundos.

O pagamento por link também pode ser utilizado por qualquer empreendedor, independentemente do tipo de negócio que ele possa possuir. Esse sistema atende desde microempresas, como um mini mercado, a empresas multinacionais, ou seja, passa longe de ser algo restrito ou inacessível.

Por ser um sistema que não exige que os clientes estejam presentes na loja física de um negócio, o alcance de vendas com o investimento no pagamento por link também pode ser muito maior, garantindo que, quando pareado com boas estratégias de divulgação, pessoas de diferentes locais tenham acesso aos produtos e serviços de determinada marca.

Por fim, ao adotar um sistema de pagamento por link, é bem capaz que o empreendedor e seus funcionários passem a ter mais controle sobre toda a movimentação financeira da empresa. Isso ocorre porque, dessa forma, os registros se tornam mais organizados e de fácil compreensão, evitando, até mesmo, pequenos erros que costumavam ser feitos quando o controle financeiro era realizado manualmente.

Como criar um link de pagamento?

Além de trazer inúmeros benefícios para quem o utiliza, o pagamento por link pode ser implementado a um negócio de maneira bastante simples, fácil e rápida. Além disso, o sistema não é algo que exige grandes esforços por parte do empreendedor, ou seja, qualquer negócio pode desfrutar tranquilamente dessa modalidade.

Veja, a seguir, o passo a passo para criar um link de pagamento e implementar essa opção em seu negócio!

1 – Escolha uma plataforma

O primeiro passo para levar o pagamento por meio de links para o seu negócio é escolher a plataforma que você irá utilizar para hospedar os seus links de pagamento.

Por ser um sistema em constante crescimento, alguns nomes já conhecidos do mercado passaram a investir no pagamento em link – bons exemplos são o Conta Azul e PagSeguro, mas há também o Paypal, a Cobre Fácil e o Mercado Pago.

Cabe a você, como empreendedor, analisar o que cada plataforma oferece e tomar a decisão do que você prefere alinhar com o seu negócio. Leve em consideração fatores como possíveis taxas a serem cobradas, disponibilidade para suporte aos clientes da plataforma e facilidade de navegação.

2 – Crie uma conta para o seu negócio

Uma vez que a plataforma é escolhida, é necessário criar uma conta voltada para as transações financeiras do seu negócio. Essa será a conta pela qual você irá acessar a plataforma, bem como realizar todo o processo para gerar seus links de pagamento.

Tome cuidado ao escolher suas informações de acesso, pois elas não poderão ser esquecidas ou perdidas. Por mais que seja possível recuperar sua conta de outras formas, isso pode ser algo complicado.

Escolha um endereço de e-mail e uma senha que tenham alguma conexão com o seu negócio, pois, assim, tudo estará conectado e será mais fácil para você e seus funcionários lembrarem as informações de acesso.

3 – Registre todas as informações importantes

Com uma conta devidamente criada, sua empresa deve estar registrada na plataforma com todas as informações requeridas.

Dados como o nome e o CNPJ da empresa costumam ser mais frequentes e comuns como as informações requeridas. Preencha esses campos com atenção, pois alguns deles podem ficar visíveis para os clientes, com o objetivo de facilitar o reconhecimento da empresa para a qual eles estarão realizando o pagamento.

4 – Cadastre os produtos que serão pagos por link

O momento de cadastro dos produtos também deve ser feito com atenção, uma vez que os clientes terão total acesso a essa lista.

As informações que devem estar presentes no cadastro de um produto são o nome e o preço mas, em algumas plataformas, é possível adicionar também dados extras, como imagens do produtos e data de validade.

5 – Compartilhe o link de pagamento

Uma vez que todos os passos anteriores forem corretamente cumpridos, o link de pagamento será finalmente gerado. Vale dizer, ainda, que embora a maioria das plataformas de pagamento presentes no mercado já ofereçam uma opção de compartilhamento de links diretamente pelas redes sociais, como o Instagram, é possível também copiar o link manualmente e enviá-lo da forma que você preferir.

Temos certeza de que, após a leitura deste artigo, você está pronto para modernizar seu negócio e adotar o pagamento por link. Boa sorte!


Veja também