unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

4 P’s do Marketing: o que são e como aplicar o conceito no seu negócio

Preço, produto, praça e promoção: descubra como aliar esses pontos à sua marca

O mercado de compras e vendas está sempre em constante movimento, mas enquanto muitas estratégias de divulgação e comunicação são esquecidas por empreendedores e consumidores, outras ganham popularidade em um piscar de olhos. É o caso do famoso conceito que envolve os ‘4Ps do marketing’, um verdadeiro guia para quem quer começar a trilhar esse caminho.

Por mais que este seja um termo bastante famoso no meio comercial, muitos empreendedores ainda não sabem o que são exatamente os 4 Ps do marketing, o que cada um deles significa, e nem conhecem exemplos de casos de sucesso que utilizaram dessa estratégia.

Por isso, reunimos essas informações preciosas na intenção de te dar o norte nesse caminho estratégico tão popular.

O que são os 4 Ps do marketing?

Os 4 Ps do marketing são formados por variáveis que fazem com que uma campanha atinja os objetivos desejados e, ainda, consiga impactar o seu público-alvo. O nome ‘4 Ps’ vem das quatro variáveis interdependentes que fazem parte do conjunto. Eles são: preço, produto, praça e promoção.

Para entender melhor sobre cada variável que forma os 4Ps do marketing preste atenção nas explicações abaixo:

1º P de preço

O preço é o dinheiro que o cliente pagará por um produto e por tudo aquilo que ele oferece. Nesta variável, estão também incluídos conceitos como as políticas de descontos e as formas de pagamento permitidas pela empresa.

O preço traz uma força psicológica para a variável, já que muitos clientes avaliam o custo-benefício de um produto, e estão dispostos a pagar um determinado valor desde que o item traga um diferencial para as suas vidas.

Para que o preço seja justo, também devem ser considerados fatores como os gastos da empresa, a margem de lucro desejada e as movimentações do mercado.

2º P de produto

É aquilo que resolverá todos os problemas e dores dos clientes, além de agregar valores, como satisfação. Aqui, são consideradas variáveis como a qualidade do produto, o design, o ciclo de vida e os serviços agregados à compra, como instruções de uso específicas para cada item.

Mas um bom empreendedor deve sempre se lembrar de que, ao lançar uma campanha, ele está vendendo fatores tangíveis e intangíveis de um produto. Ou seja, também é preciso que o item ofertado tenha apelo emocional ou psicológico, mostrando como a vida do cliente mudará após o consumo dele.

Algumas marcas que investem com força no produto são Apple e Coca-Cola que, através de campanhas e peças com forte apelo emocional, vendem bem mais do que produtos: elas vendem experiências.

3º P de praça

A praça engloba os locais em que os produtos serão distribuídos, pensando em pontos de venda criativos, canais de distribuição e, até mesmo, conceitos de frete e outras logísticas relacionadas. Espaços físicos e virtuais também são levados em consideração, o que favorece modelos de negócios como o e-commerce.

Um negócio que sabe como investir bem em suas estratégias para a praça consegue ter tanto um alcance quanto uma captação de clientes vantajosos. Por exemplo, ao oferecer entregas a domicílio ou retiradas em um espaço físico de um produto de sucesso, um empreendedor pode atingir inúmeros outros consumidores.

Na área da praça, a Amazon é um marketplace de referência, alcançando clientes de diversos locais com seu sistema de entregas e cobertura de distribuição.

4º P de promoção

Estratégias utilizadas no P de “Promoção” são focadas em estimular o desejo dos clientes pelo produto, e em expandir esse sentimento para além do público-alvo. Na promoção, são levantados pontos como a propaganda, as redes sociais e as relações públicas de um negócio.

Basicamente, a promoção é a variável que cuida da divulgação da marca para o público, área muito forte no universo digital que é, inclusive, capaz de fazer com que um negócio cresça.

Um case de sucesso do P de promoção é a Lu, a brand persona do Magazine Luiza. A personagem interage diretamente com os clientes e ainda apresenta traços humanos, o que facilita o estabelecimento de uma conexão mais interessante com a marca.

A importância dos 4 Ps do marketing

Quando a aplicação dos 4 Ps do marketing é bem feita, informações importantes sobre a marca, como posicionamentos e valores, são claramente transmitidos ao público, e isso pode gerar aproximação com os clientes.

Todos os pontos de contato com o consumidor também são cobertos com os 4 Ps, e isso faz com que os problemas dos clientes sejam resolvidos de forma mais efetiva, bem como proporciona a criação de uma ponte de comunicação entre empresa e público. Um resultado assim pode melhorar a imagem que uma marca tem no mercado e, ainda, fazer com que ela consiga se diferenciar dos concorrentes e se consolidar como referência.

Aplicando os 4 Ps do marketing no seu negócio

Após toda a teoria dos 4 Ps do marketing, é hora de criar um plano para, logo, colocá-lo em ação!

1 – Público-alvo

Quem é que você pretende atingir com os 4 Ps do marketing na campanha de vendas de um item? Qual é o perfil de pessoas que você quer que sejam associadas ao seu negócio? Quais são as características da sua persona?

Para que as suas estratégias sejam mais certeiras, é necessário levar em consideração perguntas como as citadas acima.

2 – Posicionamento

Toda marca chega no mercado com um posicionamento. Por exemplo, a Pepsi é a concorrente da Coca-Cola, que dificilmente superará a segunda marca; esse é o seu posicionamento.

Pense, então, sobre o que você quer alcançar com as vendas de determinado artigo da sua loja. Ter o preço mais baixo do mercado? Bater de frente com aquele outro negócio do mesmo segmento? Proporcionar experiências de compras maravilhosas para os clientes?

3 – Estratégias

Com a noção do que são os 4 Ps do marketing, o que você fará para colocar cada uma das variáveis em ação? Quais serão as estratégias utilizadas para trazer sucesso para a sua próxima campanha ou para o seu negócio?

É recomendável que um empreendedor sempre comece pelo planejamento voltado para o P do produto, ou seja, selecionando um item para funcionar como base do planejamento. Afinal, o produto tem o poder de influenciar todo o resto.

Quando bem utilizados, os 4 Ps do marketing podem trazer efeitos milagrosos para um negócio. Por isso, não tenha medo de investir em cada um deles. Realize suas pesquisas, elabore estratégias e sempre tenha um planejamento minucioso por perto.


Veja também