unilever
Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes dos nossos sites você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos. Saiba mais sobre isso no Aviso de Cookies

Empreendendo e Aprendendo

Conteúdos sobre como administrar e desenvolver bem a sua empresa. Treinamentos, dicas de gestão, notícias sobre o mundo digital e muito mais!

Vale a pena investir em produtos sazonais na sua loja?

Apostar em estoques recheados de panetones no Natal pode ser bom ou ruim? Entenda como o produto sazonal funciona para a realidade do seu negócio.

Já reparou que a demanda por itens para presentes sempre aumenta na época do Natal? E que a venda de chocolates e doces cresce na Páscoa? Empreendedores e seus negócios vivenciam o aumento das vendas em datas comemorativas se sabem investir no produto sazonal perfeito para cada celebração.

Mas, o que faz com que as vendas aumentem durante essas datas específicas do ano? Por que alguns produtos apresentam melhores números de vendas do que outros nesses períodos? O que um bom empreendedor deve fazer quando determinados itens de uma data comemorativa acabam encalhados no estoque?

As respostas de todas essas perguntas estão associadas à chamada sazonalidade de vendas. Para aprender mais sobre esses dois conceitos e obter as respostas para as perguntas levantadas acima, continue neste artigo!

O que é sazonalidade de vendas?

O conceito de sazonalidade de vendas está relacionado com períodos do ano em que uma loja apresenta maior demanda em itens específicos.

Bons exemplos disso são datas comemorativas como o Natal e a Páscoa. Durante o Natal, a procura por panettones cresce e, por isso, as vendas de itens como o Panettone Bauducco com Frutas Cristalizadas e Uvas-Passas podem aumentar durante o final do mês de novembro e todo o mês de dezembro. Já durante a Páscoa, a demanda se dá em produtos como ovos de chocolate e doces no geral.

A sazonalidade de vendas não é restrita apenas às datas comemorativas. Esse movimento também acontece durante épocas como a troca de estações de ano ou grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo.

Vale a pena investir em produtos sazonais?

Assim como qualquer outra estratégia de negócio, os produtos sazonais podem apresentar pontos positivos e negativos. O sucesso das vendas de produtos sazonais está relacionado ao planejamento prévio dela.

Com produtos sazonais, um negócio pode atender a desejos específicos dos consumidores e, assim, consolidar-se como um dos poucos empreendimentos que oferecem certos itens fora de época – para isso, é sempre essencial saber entender quais são os hábitos de consumo dos seus clientes. Marcas que oferecem Colomba Pascal nos meses seguintes à Páscoa podem se dar bem com um público específico. Mas, como dissemos, é preciso ter planejamento e conhecimento sobre a sua persona.

Outro ponto positivo que um negócio pode alcançar com o investimento em produtos sazonais é o crescimento do segmento de sua atuação e do catálogo de produtos da sua marca. Por mais que alguns empreendedores vejam isso como algo de difícil manutenção, essa ação pode trazer maior lucro a longo prazo.

Por outro lado, produtos sazonais, quando não combinados com um bom planejamento e estratégias de marketing eficazes, podem ser sinônimos de estoque encalhado e prejuízo financeiro.

Sucesso de vendas? O que é que o produto sazonal tem?

Quem nunca sentiu vontade de abrir um Ovo de Páscoa durante o mês de setembro? Produtos sazonais estão ligados a memórias afetivas que podem ser ativadas em qualquer momento do ano. Então, por conta disso, pode ser interessante dispor de um pequeno estoque de certos itens sazonais, mas sempre mediante às pesquisas feitas com clientes.

Outro tipo de produto sazonal, como um kit de cuidados com os cabelos pós-verão, também pode ser interessante para clientes que fogem da rotina esperada, estão com  viagem marcada em um hemisfério oposto ao nosso e se aventuram em atividades diferentes.

É importante que você, como empreendedor, tenha conhecimento sobre o seu público. Dessa forma, será possível mapear a possibilidade de sucesso entre produtos sazonais e seus clientes.

Dicas para trabalhar com produtos sazonais durante o ano

Um bom empreendedor sempre deve saber como inovar em seu negócio, o que pode ser proporcionado com o investimento em produtos sazonais.

Confira abaixo algumas dicas de como trabalhar com produtos sazonais ao longo do ano:

1 – Identifique os produtos e os períodos sazonais

É importante que um empreendedor entenda os números e as informações de cada produto e período sazonal. A porcentagem de vendas de produtos de beleza durante o final do ano deve ser estudada, e deve ser feita uma previsão de como esses produtos serão recebidos pelos clientes fora de época. Possibilidades de descontos, por exemplo, também devem ser avaliadas enquanto é feito um planejamento de vendas.

Com esses estudos, um negócio pode começar a planejar seu estoque perante demandas anteriores.

2 – Planeje o que irá acontecer com o estoque

O estoque de um negócio é uma das áreas que mais precisam de planejamento. Se levarmos em consideração a venda de produtos infantis fora da época do Dia das Crianças, quantos desses itens precisarão estar presentes no estoque de uma loja?

Qual será a estratégia adotada pelo negócio: um esquenta nas vendas durante o mês de setembro, ou uma prorrogação dos produtos durante o mês de novembro? Os descontos planejados serão o bastante para eliminar produtos encalhados?

Todas essas perguntas devem ser levadas em consideração enquanto um empreendedor prepara seu negócio para o investimento em itens sazonais.

3 – Use de boas estratégias de marketing

Uma boa estratégia de marketing é capaz de convencer o cliente a comprar chocolates da Páscoa durante a época de Festa Junina, quando a venda de pipoca, por exemplo, é bem maior. É esse efeito que um negócio deve buscar ao anunciar produtos sazonais fora de época!

Outras sugestões que podem ser proveitosas são:

  • Montar combos com outros produtos;
  • Anunciar os produtos encalhados durante outras datas com grande movimento no estoque, como a Black Friday;
  • Fazer com que as vendas da Páscoa, por exemplo, se iniciem antes e terminem depois do esperado.

4 – Aposte nas redes sociais e nas vendas online

As redes sociais e as vendas online são boas aliadas de qualquer empreendedor e seu negócio.

Com a presença de uma marca no universo online, a venda de roupas de verão durante o inverno pode ser muito mais fácil, rápida, eficaz e abrangente. É possível aumentar a clientela e o movimento de um negócio com essa estratégia, além de melhorar a divulgação da marca também.

Afinal, se o seu produto pode ser facilmente enviado para outras partes do mundo, você pode até ampliar o seu público. Imagine só aproveitar as roupas que sobraram da primavera aqui no Brasil e vendê-las para o exterior quando essa estação está em pleno vapor?

5 – Negocie com os fornecedores

Da mesma maneira que um negócio pode notar uma diminuição na venda de sorvetes durante o inverno, os fornecedores também podem notar essa lenta movimentação.

Por isso, é interessante que um empreendedor saiba como fazer bons negócios com seus fornecedores durante essas épocas de pouco movimento de produtos sazonais. Tente conseguir descontos ou garantir compras futuras. Assim, nenhum lado sai prejudicado. Estude com cuidado a possibilidade de trazer produtos sazonais para a sua loja. Apenas com conhecimento do seu público e da sua realidade é possível mensurar o risco desse investimento. Ao fazer tudo com um bom planejamento, o sucesso pode ser certeiro e duradouro.


Veja também